by

Estilos de aprendizagem são habilidades cognitivas que um sujeito usa para fixar determinados temas, o que implica dizer que essas maneiras de aprender um assunto variam de pessoa para pessoa. Os pesquisadores Neil D. Fleming e Coleen E. Mills, da Universidade de Lincoln, publicaram em 1992 um estudo no qual afirmavam que existem 4 tipos de aprendizagem: auditiva, visual, leitura/escrita e cinestésica. No texto de hoje, queremos te ajudar a descobrir qual desses estilos de estudo se adapta melhor a você!

 

Aprender através da escuta

O(a) estudante auditivo é aquele(a) com o estilo aural mais aguçado tem a habilidade de aprender ouvindo as informações. O que diferencia este estilo de aprendizado é que, por exemplo, para seus adeptos(as) pode ser mais interessante apenas escutar ao professor(a) falar do que anotar e escutar simultaneamente. Estudantes com esse estilo de aprendizagem tendem a expressar-se, perguntar e repetir o conteúdo para memorizar determinados assuntos. O aluno pode tentar explicar conceitos, participar de discussões, fazer leitura em voz alta, escutar podcasts e gravações de aulas. 

Aprender visualmente

Esta dinâmica de aprendizado se refere àqueles(as) estudantes que absorvem conteúdo por meio de estímulos imagéticos.  Então, falamos do uso de mapas mentais, fotografias, slides, figuras, gráficos, pôsteres e pinturas, por exemplo.

Aprender lendo/escrevendo

Se o estilo auditivo de aprendizado dispensa anotações, para os adeptos(as) deste estilo já é oposto.  Ainda que o perfil possa ser agregado à categoria visual, segundo alguns autores, a ideia é que esse estilo desenvolva facilidade para ler livros e de se expressar por meio da linguagem escrita. A escrita é uma ótima forma de sintetizar o que foi aprendido, assim como na hora de processar as informações, podem fixar ideias com artigos, livros didáticos, textos virtuais e listas, por exemplo. Portanto, não tenha medo de investir em anotações ou sebentas!

Aprender cinestésicamente

Primeiro, que palavra é essa? Derivada do termo cinestesia, é relativa à autopercepção que cada um(a) de nós possuímos em relação a nosso corpo. E o que isso tem a ver com aprendizado? Tudo! Este estilo de estudos é está ligado à metodologia maker, de aprender fazendo, ou seja, colocar a “mão na massa”. Diante dos estímulos externos, o estudante consegue fixar determinados assuntos, seja com simulações do que foi visto em sala ou seja com dinâmicas interativas.

 

Posso ter mais de um estilo de aprendizado?

Estudos indicam que mais de 50% das pessoas aprendem multimodalmente, ou seja, misturando estilos de estudo. Portanto, se você se identificou com um ou mais, não há problema! Sempre se atenha ao que funciona para você.

 

Quer se preparar para a época de exames? Começa já com a Hollow!

(Visited 206 times, 1 visits today)

One Reply to “Descubra qual estilo de estudo é melhor para você ”

  1. […] é que análises a tua situação, e as tuas dificuldades, para conseguires melhorar os teus hábitos de estudo. Estudar não deve ser uma tarefa frustrante e exaustiva, mas sim uma forma de ganhar […]

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close Search Window